Clélia Iruzun apresenta seu recital em Nova Iorque.

A carioca Clelia Iruzun radicada em Londres firmou sua carreira pela Americas, Asia e Europa com 13 CD's de um repertório variado de compositores latinos-americanos foi alcançando notoriedade pelos países que visita!

Por Sula Costa - COSTA CONSULTING CO. 06/06/2017 - 09:10 hs

Clélia possui inúmeros prêmios no Brasil e na Europa, distinguindo-se entre outros: Tunbridge Wells (Inglaterra), Paloma O’Shea em Santander e Pillar Bayona em Zaragoza (Espanha).

Como solista em recitais e orquestras, atua pela Europa, Américas e Ásia. Já excursionou como solista pela maiores cidades da China, tocando inclusive, no Grande Theatro de Xangai, Hangzhou, Ningbo e na exclusivíssima Sala de Concertos da Cidade Proibida em Pequim. Seu recital em Xangai foi votado um dos dez melhores concertos do ano. Fez uma tournée à China com o Coull Quartet e tocou com eles também no Reino Unido, no Southbank Centre e na Universidade de Warwick.

Clélia apresentará seu recital em Nova Iorque no dia 07 de Junho às 7:00PM na Americas Society, 680 Park Avenue. Seu concerto que incluirá em sua performance sucessos de :

Heitor Villa-Lobos , Ernesto Lecuona ,Robert Schumann,

Frédéric Chopin, Francisco Mignone e Louis Moreau Gottschalk.



Após várias estréias de obras brasileiras na Europa, incluindo o Quinteto para Piano de Henrique Oswald, o Octeto de Villa-Lobos, a Sonata para piano de João Guilherme Ripper, chegou a vez dos Nova Iorquinos conhecerem a irreverente obra de Clélia Iruzun.