Prefeitura de Águas Lindas discute detalhes da formalização do Consórcio de Transporte com o GDF


Durante esta semana o secretário de transportes e mobilidade do município de Águas Lindas Vicente Manoel se reuniu com o secretário de mobilidade do Distrito Federal com o objetivo de avançar na concretização do Consórcio entre as duas entidades para a integração dos sistemas de transporte de passageiros entre Águas Lindas de Goiás e o Distrito Federal tendo o aval da ANTT.

“Estamos dando segmento à determinação do prefeito Hildo do Candango que listou como prioridade a formalização do Consórcio. Esta é uma luta do prefeito que visa à integração dos sistemas entre o município de Águas Lindas e o Distrito Federal trazendo mais benefício para a nossa população que usa diariamente o sistema rumo a Brasília para trabalhar. A ANTT já disponibilizou o instrumento jurídico para isto e estamos finalizando os detalhes para que não aja nenhum empecilho”, disse Vicente Manoel.

O encontro contou com a presença do deputado distrital Juarezão que será o interlocutor na Câmara Distrital no momento em que o projeto seguir para CDL/DF, “è uma forma de promover a justiça e melhorar a qualidade dos serviços prestados à população da Região Metropolitana de Brasília, que prestam serviços diariamente em solo candango. Eu estarei pronto para conseguir o apoio dos meus colegas de Câmara Distrital para aprovação do Consórcio”, falou o deputado.

Como presidente da Associação dos Municípios Adjacentes a Brasília (Amab) e prefeito de Águas Lindas, Hildo do Candango, entregou ao governador Rodrigo Rollemberg proposta de criação do consórcio que possibilite a integração do Entorno ao Bilhete Único do transporte coletivo do Distrito Federal.

O evento aconteceu no Palácio do Buriti, onde foi apresentado a Rollemberg um documento de manifestação de interesse assinado por dez municípios integrantes da Amab. A proposta é que a gestão do transporte público entre o DF e os municípios do Entorno deixe de ser da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) e passe para um consórcio entre os governos de Brasília e de Goiás.

O governador Rollemberg encaminhou o documento ao secretário de mobilidade, Fábio Damasceno, que também participou da reunião. O secretário fará a análise da proposta. No encontro, Rollemberg deu exemplos de como o Bilhete Único diminuiu o custo de transporte público para moradores de Brasília.

Da Assessoria de Comunicação da Prefeitura

Fotos: ASCOM